Revisão das boas práticas de padaria e pastelaria

Negócio
JUL042023

Desde o transporte das matérias-primas até à aquisição do produto final, manter e conhecer as boas práticas na manipulação das matérias-primas para produtos de padaria e pastelaria é essencial para que a qualidade, a otimização do tempo e a higiene – entre outros factores – sejam realizados da melhor forma nesta indústria.

Para que uma empresa deste sector, seja ela pequena, média ou grande, cumpra as normas de qualidade necessárias ao seu sucesso, deve seguir uma ordem correta no fabrico. Quatro fatores fundamentais entram aqui em jogo. Estamos a falar do pré-processamento, preparação, apresentação e conservação de todo o tipo de produtos para padaria, como o a levedura fresca, por exemplo.

Dentro de todos estes aspetos, os profissionais envolvidos devem ser capazes de otimizar estes recursos para que o produto final obtenha a qualidade e os ganhos económicos esperados. Na AB Mauri sabemos que, para que uma padaria funcione na perfeição, deve possuir todos os elementos acima mencionados. Vejamos de seguida as fases a ter em conta numa padaria profissional.

Planeamento

A primeira boa prática tem a ver com o planeamento. Um roteiro semanal, um calendário de trabalhos a efetuar ou qualquer outro elemento que permita a ordem é vital para poupar tempo de forma mais eficaz.

Do mesmo modo, a repartição das tarefas, no caso de existirem vários trabalhadores numa padaria, contribui para que a produtividade se torne mais refinada e mecânica ao longo do tempo. Também não se deve esquecer que uma padaria deve ter estipuladas as diferentes áreas de produção, tais como a área de mistura, as mesas de trabalho, a área do forno, etc.

Distribuição de matérias-primas

Melhorantes de pão, manteiga, ovos, farinha, levedura, leite,…. As matérias-primas que chegam à padaria podem ser variadas e em grandes quantidades. Uma vez que estas matérias-primas tenham chegado à padaria, é necessário dispor da maquinaria adequada, quer para a sua transformação quer para a sua conservação.

Este ponto é da maior importância, uma vez que, para assegurar a distribuição correta das matérias-primas, é necessário dispor de máquinas industriais que permitam acelerar e otimizar o processo de produção. 

Cozedura

Antes da cozedura, os tabuleiros ou formas devem ser preparados para evitar perdas de tempo desnecessárias.

É importante considerar a temperatura e o tempo correctos para cada receita. A humidade relativa do ar no interior do forno também deve ser monitorizada. Estes aspectos garantirão que o produto final seja o correto.

Armazenamento

No que diz respeito ao pão, o melhor local para o armazenar é num cesto de vime ou em qualquer outro tipo de tabuleiro, num espaço fresco e seco. No caso da pastelaria, estes produtos vão normalmente para uma câmara de refrigeração onde não devem ser armazenados por mais de cinco dias a partir do momento da decoração final.

Por último, mas não menos importante, é importante recordar a importância da higiene durante todo o processo.

Apostar na AB Mauri!

Na AB Mauri dispomos de uma vasta gama de matérias-primas para pastelaria e padaria que darão ao seu negócio um aspeto profissional e de primeira classe.

Tem alguma dúvida? Contacte-nos e responderemos a todas as questões que possa ter sobre a AB Mauri. Mais de 150 anos de experiência e de percurso no sector garantem o nosso trabalho diário, esperamos por si!

Compartir