fbpx

Padarias e pastelarias: a importância da sua presença nas redes sociais

Negócio
JUN162020

 

Actualmente não há melhor montra para qualquer negócio do que as redes sociais, pois são um meio de comunicação económico e direto que, se gerido corretamente, pode ter um amplo alcance que se traduz em vendas.

Na AB Mauri, como distribuidor de matérias-primas para padaria e pastelaria, acreditamos que é de grande importância para as empresas de padaria e pastelaria se manterem presente nas redes sociais, especialmente durante a actual situação após a COVID 19, com a nova normalidade. 

Continue a ler se quiser descobrir tudo! 

A importância das redes sociais

Para promover o seu negócio de padaria ou pastelaria nas redes sociais, o primeiro aspecto a considerar é a estratégia de marketing que vai seguir. Se não sabe o que é uma estratégia de marketing, é a forma como vamos integrar o mundo real no mundo digital da Internet, para que os utilizadores se conectem com a sua marca e venham até ao seu ponto de venda na vida real, para satisfazerem as suas necessidades

A recomendação da AB Mauri, com anos de experiência no mercado de matérias-primas para padaria e pastelaria, é que siga a estratégia de marketing sensorial. Este tipo de estratégia centra-se em tornar o processo de compra numa experiência para o cliente, impactando os cinco sentidos (olfacto, paladar, tacto, visão e audição) através das redes.

Em suma, temos de criar um tipo de conteúdo que nos leva a outro local. Para este tipo de marketing as melhores plataformas são o Instagram e o Facebook, onde o seu público-alvo se concentrará principalmente.

Planeie a sua estratégia

Sabemos que não é fácil levar a cabo uma boa estratégia de conteúdo se não estiver familiarizado com as redes, por isso aqui estão os passos fundamentais:

  1. Objectivo: definir objectivos trimestrais que pretende atingir pelas redes. Tais como interagir com os utilizadores, gerar leads (clientes fiéis, seguidores) e definir a sua imagem de marca.
  2. Público-alvo: Compreender e estudar em profundidade quem é o seu público, ou seja, quais os targets de utilizadores com quem pretende comunicar.
  3. Proposta de valor: Tem de saber perfeitamente o que o distingue da sua concorrência ou, por outras palavras, porque é que os clientes devem comprar a si e não a outros?
  4. Design: Respeite as medidas de imagens que cada rede social estabelece e, sobretudo, seja criativo para criar fotografias de boa qualidade que chamem a atenção, mas desde que sejam as suas próprias. Pode marcar as suas imagens com uma marca d’água com o seu próprio logotipo, assim evita que alguém as utilize.
  5. Concorrência: Certifique-se de que conhece bem quem faz parte da sua concorrência e observe como eles gerem as suas redes para aprender e melhorar.
  6. Horário: Ter um horário mensal que inclua um padrão de conteúdo, ou seja, o que e quando vai partilhar é muito importante. Lembre-se de ter em conta dias especiais que o podem ajudar como o Dia da Mãe, Dia dos Namorados ou Natal.
  7. Medir resultados: Deve analisar quais foram os resultados mensais e trimestrais perante os objectivos que estabeleceu e, se não forem bons resultados, considere que o falhou e mude-o!

A importância do site

Embora se trate de um serviço por vezes dispendioso, resultará em mais lucros do que prejuízos. Há muitas agências que criam páginas web com preços económicos e ajustados às necessidades de cada negócio.

Os websites podem ser muito úteis para que partilhar o seu link nas redes sociais e assim divulgar sua empresa – especialmente se fizer encomendas ou sentregas ao domicílio dentro da sua cidade, região ou mesmo de todo o seu país.

Na situação recente que vivemos devido à Covid-19 é quando conseguimos perceber a verdadeira importância de ter um canal digital através do qual possamos comunicar directamente com os nossos clientes. Seja para fazer vendas, responder a perguntas ou simplesmente informar, a importância de uma comunidade online para os negócios é agora um pré-requisito para o sucesso empresarial, tanto no sector da panificação como em qualquer outro.

Compartir